HOME   |   FALE CONOSCO

01/03/2016

Tecnologia SSL (WLEDi) em Campi da Universidade de São Paulo

Resumo

Resultados de levantamentos realizados em campo, de experimentos conduzidos em laboratório a partir de diferentes equipamentos para iluminação viária estão apresentados e considerados. Na parte realizada em campo foram amostradas iluminâncias, luminâncias, temperaturas de cor correlata. Na parte laboratorial foram considerados procedimentos: fotométrico e radiométrico rotineiros e experimentais para a determinação de parâmetros de interesse, principalmente, o fluxo luminoso em esfera de Ulbricht e cálculo da eficiência luminosa. Os resultados indicam alguns referenciais importantes, os principais: não ter sido detectada depreciação luminosa significativa ao longo de seis mil horas pela nova instalação com luz branca no campus USP na CUASO; necessidade de avanço experimental para ampliar conhecimentos sobre metodologia e desvios, em particular, com a tecnologia SSL (WLED inorgânico).

Para ler o artigo Completo, clique aqui

Elvo Calixto e outros

Os artigos assinados não expressam, necessariamente, a opinião da ABRASI. A publicação visa a estimular o debate de questões técnicas e institucionais que envolvem a iluminação urbana.

área Restrita

e-mail
Senha


ABRASI - Av. Vereador José Diniz, 3720, Conj. 705, Campo Belo, CEP 04604-007 - São Paulo/ SP
Telefone: (11) 4063-4714 - E-mail: abrasi@abrasi.org.br
© Copyright 2014 - ABRASI - Todos direitos reservados
Lazz Design